Biblioteca Central da Faculdade de Direito Brás

A Biblioteca Central da Faculdade de Direito Brás, serve ao corpo docente e discente da Faculdade, mas pode ser utilizada pelo público em geral, para consulta.

Suas origens remontam ao século XVIII, com o legado da Biblioteca do Bispo de Funchal ao Convento de São Francisco. Dom Manoel da Ressurreição, terceiro Bispo de São Paulo, colocou esse acervo, de quase 2.000 volumes, à disposição do clero e dos estudantes, instituindo, assim, a primeira biblioteca pública da cidade de São Paulo.

Biblioteca Central da Faculdade de Direito Brás

Em 1827, com o decreto de criação dos cursos jurídicos no Brasil, a Faculdade de Direito de São Paulo começa a funcionar nas dependências do convento de São Francisco, herdando um acervo de aproximadamente 5 mil volumes.

Em 1934, com a criação da Universidade de São Paulo, passou a Faculdade de Direito por completa reforma. A Biblioteca instalou-se em suas atuais dependências, ocupando grande parte do primeiro pavimento do prédio do Largo São Francisco. Para a remodernização do sistema de processamento de informações contou com o valioso esforço de Sergio Milliet da Costa e Silva, ex-diretor da Biblioteca Municipal de São Paulo e Antônio Constantino, escritor e jornalista. Mais tarde, com a reforma universitária (Lei n° 5.540, de 28 de novembro de 1968) a Biblioteca sofre nova reformulação, quando foram criados dez Departamentos, com as respectivas Bibliotecas. A partir de 1982, passou a integrar o Sistema de Bibliotecas da USP (SIBi), cujo trabalho em cooperação visa atender às necessidades de informação da comunidade universitária. Em maio de 1986, a Biblioteca da Faculdade foi novamente reestruturada, passando a Serviço de Biblioteca e Documentação, atual SBD.

Nesta data iniciou-se também o processo de informatização do acervo, resultando, em 1993, na disponibilização do acesso ao DEDALUS – Banco de Dados Bibliográficos da USP pela Internet; em 1998 na instalação da rede local de microcomputadores no SBD; e, em 1999, na criação da homepage do SBD e disponibilização da base de artigos de periódicos – IusData na Internet.





Bibliotecas Hoje

Hoje em dia, as bibliotecas não são somente guardiãs de livros, porém, da mesma forma, de dicionários, enciclopédias, monografias, manuais, documentos tridimensionais, almanaques, atlas, jornais, revistas, mapas, cartazes, manuscritos, filmes, discos, CDs, fitas, VHS, DVDs, BDs, ou bancos de dados (arquivos em PDF ou DOC), fotografias, telas e microfilmes. Revistas e jornais são classificados como material periódico, também são organizados e armazenados em uma seção da biblioteca denominada hemeroteca – espaço próprio para este tipo de material informativo.
Porém, o velho conceito de “depósito de livros” foi redefinido para “ambiente físico ou virtual destinado à coleção de informações com a finalidade de auxiliar pesquisas e trabalhos escolares ou para praticar o hábito de leitura, material este seja impressos em folhas de papel ou ainda digitalizadas e armazenadas em outros tipos de materiais, tais como CD, fitas, VHS, DVD ou bancos de dados (arquivos em PDF ou DOC).

Vagas Biblioteca Central da Faculdade de Direito Brás – Trabalhe Conosco

Atitude, responsabilidade, resiliência, criatividade, comprometimento para resultado, e saber trabalhar em equipe são algumas competências necessárias para fazer parte do time. Se você tem esse perfil e está em busca de oportunidades em uma empresa líder de mercado envie agora mesmo seu currículo para a Biblioteca Central da Faculdade de Direito Brás.

Horário de Funcionamento Biblioteca Central da Faculdade de Direito Brás

  • Segunda a Sábado das 08h às 18h

Onde fica, Endereço e Telefone Biblioteca Central da Faculdade de Direito Brás

  • Largo São Francisco, 95 – São Paulo – SP
  • Telefone: (11) 3111-4053

Mapa de localização